27/12/07

Benazir Bhutto (21.06.1953 - 27.12.2007)

Benazir chorou de alegria no dia em que regressou ao Paquistão. Hoje choram muitos outros, de tristeza. A bárbarie voltou. Honra aos que tem a coragem de não desisitir mesmo sabendo que o seu mais provável destino é a morte à mão de assassinos.

1 comentário:

Galeota disse...

Bem-haja.