29/07/08

Diplomacia ( britânica ) e Muxama ( Postais da Ria Formosa II )

Tinha prometido falar da Muxama. Promessa cumprida. Basta clicarem aqui. Tinha pensado falar-vos das dificuldade que era, há uns anos, encontrar muxama no Algarve, ou pelo menos na zona de Tavira, para onde vou vai para trinta anos. Mas depois da reconciliação de Hugo Chávez com o rei Juan Carlos não resisti a pôr no ar este video que o Zé Elias me enviou, em vez de vos dizer que agora é muito mais fácil e que há pelo menos duas bancas no mercado de Tavira onde podem comprá-la.


Podem vê-lo petiscando um canapé de muxama. Em pequenas fatias de pão ( ou tostas ) coloquem uma rodela de tomate, por cima uma fatia fina de muxama. De seguida uns oregãos e finalmente um fio de azeite. Acompanhem com uma mine ou um copo de vinho branco gelado. Vão ver que não se arrependem.

4 comentários:

expressodalinha disse...

O falecido Vivaldo, de Cabanas, andava sempre com um naco de muxama no bolso, para qq mune desprevenida.

Galeota disse...

We are the champions.

expressodalinha disse...

"qq mune"...? Palavra que não sei o queria dizer. Maldita dislexia!

Anónimo disse...

compro muxama em Lisboa , no Corte Inglês.espanhola,igual à que se compra na andaluzia(Lepe e cercano).É muito boa também, ainda que industrializada.Boa mesmo era a que se comia antigamente entre Vila Real de Santo António e Tavira.
Ainda haverá dessa?