06/11/08

Um país de porteiros e porteiras...e não só do BPN

Quando, há dias, ouvi na SIC o jornalista Ricardo Costa dizer " que toda a gente, desde o porteiro até a qualquer administrador, sabia o que se passava no BPN ", dei comigo a pensar " é o que dá entregar a gestão de bancos a porteiros". Fosse ela dada a gestores credenciados vindos do PSD e nada disto acontecia.
Não era isto que eu queria escrever. Que me desculpem os ex-ministros do PSD se os estou a vilipendiar ( ena pá ! ).
O que eu queria escrever é que vivemos num país de porteiros e porteiras, se bem que seja uma espécie em vias de extinção qual lince da Malcata. Os verdadeiros ( porteiros ) emigraram para Paris nos anos 60. Agora os condomínios têm é segurança privada dada a empresas do ramo. Neles viverão os ex-porteiros, desculpem, os ex-ministros. É que as porteiras e porteiros sabiam demais ou não tivessem eles o dia todo para observar as vilanias dos condóminos, quero dizer dos administradores dos bancos.
Porra nunca mais chego ao que vos queria dizer. Que era :
" somos um país de porteiros e porteiras ". Mas António isso já tinhas dito. É verdade mas não expliquei. Passo a explicar.
Já repararam que todos sabiamos das coisas depois delas acontecerem ?
O Isaltino Morais era um autarca exemplar. Modelo ( não da Sonae ). Quando caiu em desgraça todos os munícipes sabiam que ele abichanava ( hoje estou inspirado ) pelos menos 10% em qualquer obra.
Na Casa Pia anos a fio todos soubemos das malfeitorias. E de quem as praticava. Mas estavamos todos calados. Quando o caso se tornou público foi um fartar vilanagem. Todos os porteiros sabiam quem eram os condóminos com cara de pedófilo.
O casal McCann era exemplar. Quando a PJ os constituiu arguidos todos disseram : " eu já sabia, a mãe tem cara de falsa, nem chorou pela filha !". Ainda descobrem que o John McCann é o avô. Não, esse é McCain e candidato republicano derrotado.
E a Carolina Salgado ? De 1ª dama do F.C. do Porto passsou a puta em 5 minutos, bastou um tal de Jorge Nuno Pinto da Costa afirmá-lo.
E já agora também me armo em porteiro : porque é que o Sr. Jorge Nuno Pinto da Costa vai ser presidente do fêcêpê até morrer ? Porque no dia em que não se recandidatar ...advinhem ? Aparecem uma série de porteiros tipo Ricardo Costa que sabiam tudo.
Infelizmente parece que os polícias e procuradores também são porteiros ( e porteiras ) como todos nós.
Ao menos que fossemos como a Charlotte Rampling ( foto do filme " Il Portiere di Note " de Liliana Cavani - 1974 ).

6 comentários:

Galeota disse...

O Quepe tem mais encanto...

isabel mendes ferreira disse...

ah ah ah.....



demolidor!



cmuprimentos.

expressodalinha disse...

O problema é que antes de ser público é difamação. Depois, é notícia. Este é o jornalismo de investigação que temos!

Prezado disse...

hahaah Caro António, este Post saiu meio desformatado. Gostei.

@expresso:

bem observado...

Al Kantara disse...

Grande post António !
Se as porteiras fossem como a Charlotte, quem se preocuparia com as vilanias dos ex-ministros do PSD ?...(Oops, lá me saiu mais uma daquelas que até os porteiros sabem...)

Pedro disse...

E o pior é que, em cada golpe desta crise os tais porteiros estão sempre a conseguir sair por cima dos outros. Têm vindo a somar vitórias. Não sei como, mas as pessoas ainda acreditam...