10/04/09

Eu por mim até nem me importo que o empregado do restaurante esteja de camisola interior e de preferência com pelos no sovaco

Não acredito que isto ainda possa ser notícia de jornais e de telejornais.
Nem sei se me apetece continuar a escrever.
No telejornal, ao almoço, até ouvi um dirigente sindical falar de sexismo ( sic ).
Eu, que sou quase sexagenário, ainda poderia ter razões para comparações com os tempos da outra senhora, agora o pessoal novo que viaja pelo mundo todo e não viveu nesse tempo ainda não deu conta que :
- na maioria dos serviços de atendimento ao público ( sejam eles estatais ou privados ) existem regras de como os funcionários se devem apresentar ( o que os anglo-saxónicos chamam "dressing code " ) ?
Querem exemplos ?
Aqui vão : companhias aéreas, bancos, hotéis, hospitais, companhias de transporte, restaurantes , grandes armazéns ( Corte Inglês, La Fayete, Printemps...) etc. Estejam à vontade para completar a lista.
E quando regressam dizem logo que isto cá em Portugal é um nojo. Que somos atendidos por pessoal mal cheiroso e mal vestido. Que lá fora é que é bom.
Mas depois juntam-se à ampla frente anti-fascista ( em reconstrução ) que vê em meros procedimentos internos ( e de bom senso, acrescento eu ) de uma organização : a censura , o autoritarismo, o diabo a sete.
Haja paciência !
E quando, como parece ser o caso, as regras de vestir estão definidas e são apresentadas aos funcionários a solução é fácil, quem não está de acordo não assine o contrato. Lá fora há muitos à espera.
Poderia contar-vos várias histórias que vivi ao longo da minha carreira profissional, incluindo quando pela primeira vez, vai para 22 anos, trabalhei numa empresa multinacional de consultoria em que havia um "dressing code ", que li e aceitei antes de assinar o contrato. Mas penso que já vos contei esta história. E não quero chatear os pouco que me lêem.
Falta-me a paciência para argumentar com tanta indigência intelectual.

6 comentários:

expressodalinha disse...

Em princípio estou de acordo. É pá, mas a mini-saias...!

Dulcineia (Lília) disse...

Bem, sempre poderiam usar a mini-saia, a tapar com um lencinho, rs

Anónimo disse...

Também proíbiram os peidos?
Fascistas!!!!

Anónimo disse...

Meu caro, só posso dar-lhe razão.
Abraço e votos de boa Páscoa.

Pedro Correia

Anónimo disse...

Meu caro, só posso dar-lhe razão.
Abraço e votos de boa Páscoa.

Pedro Correia

Anónimo disse...

Meu caro, só posso dar-lhe razão.
Abraço e votos de boa Páscoa.

Pedro Correia