23/05/09

Pressões à 6ª feira

Não. Não vou falar dos estudantes da António Arroio que chamam ao actual governo " fascista" e que dão vivas ao Marinetti. Vivemos em democracia e a ignorância é um direito. Mas convém não brincar com coisas sérias e muito menos banalizar e relativizar os conceitos.
Também não vou falar da entrevista , na TVI, de Manuela Moura Guedes ao Bastonário dos Advogados, Marinho Pinto, que disse à Madame de Moniz aquilo que muitos já lhe deviam ter dito. Esses agora chamam desbocado ao Bastonário. Não terão é falta de tomates ?
Vou falar do que ouvi no noticiário da TSF, ontem pelas 19 horas.
Passei o dia em Lisboa. Em trabalho.Não tive oportunidade de ouvir rádio ou ler jornais. Quando saí de Lisboa, liguei o rádio do carro. Às 19 horas, no dito noticiário, falaram sobre o julgamento dos PJ's que espancaram a Leonor Cipriano e da decisão do Tribunal. A certa altura entrevistaram o ex-inspector Gonçalo Amaral que disse ( cito de memória ) : " Não fiquei surpreendido com a decisão do tribunal. Estava à espera de ser condenado. Há muita pressão política sobre o caso."
Mais um que fala em pressões políticas. Está na moda. Refúgio dos incompetentes. ? Curioso que se encontrem tantos na comunicação social , na justiça e nas polícias. Que pelos vistos partilham as mesmas mesas com frequência. Coincidência ?

2 comentários:

expressodalinha disse...

Como sabes, por pressões políticas muita bofetada se deu no antigo regime. O pides nem queriam. Eram pressionados. Só que não se sabia nada. Sinais dos tempos!

Anónimo disse...

"Mais um que fala em pressões políticas. Está na moda."

Ou será um alerta?
'Não há fumo sem fogo'