07/06/11

O casamento de Pedro e Paulo

tem uma testemunha que responde à questão que o celebrante de qualquer casamento ( mesmo o civil ) coloca  antes dos noivos dizerem o sim e que é " se algum dos presentes sabe  de algo que possa impedir a celebração deste casamento, fale agora ou cale-se para sempre. "
Ana Gomes não terá sido convidada para o casamento mas resolveu dizer o, que na sua opinião, pode impedir o casamento.
Muitos, nos quais me incluo, consideram infelizes as declarações da eurodeputada. Contudo  não deixa de ser curioso que as mesmas levantem algumas questões interessantes.
Uma das quais , se não a única, é ,se vier a  acontecer algo que venha a dar razão ao que Ana Gomes agora diz e/ou insinua,  aparecerem então e como por milagre centenas se não milhares de personagens a dizerem : " Pois , eu bem sabia que Paulo era um malandro."
Cena que já vi mais de que uma vez. E não foi assim há tanto tempo. Se puxarem pela memória  sabem do que estou a falar. 

2 comentários:

Al Kantara disse...

As declarações da Ana Gomes só são infelizes porque a Justiça em Portugal demora uma porradaria de anos a descobrir :
1- para onde foram 30 milhões que as autoridades alemãs diz que foram pagos em luvas.
2- a identidade do famoso Jacinto Leite Capelo Rego e seus muitos amigos anónimos que,numa semana, doaram 1 milhão em cash ao PP .
3- a identidade de uma loira platinada que andava de Jaguar a frequentar efebos no Parque.
Só por isso é que são declarações infelizes porque se estas três questões já tivessem sido resolvidas,a senhora nem precisava de dizer nada pois toda a gente saberia de ciência segura que Paulo Portas é um homem impoluto sem nada na sua vida pessoal e política a apontar. Logo, um excelente candidato a vice-primeiro-ministro e ministro dos negócios estrangeiros...

expressodalinha disse...

Não tenho nada a acrescentar.