18/07/11

4 euros, um ministro de fatinho branco e uma bisnaga de vaselina

Os reformados foram aumentados, em média, 4 €/mês.
Os telejornais das 13h abrem com esta notícia. Tudo bem.
Apresentam-na como um grande esforço do governo para ajudar os mais pobres. Parece que vai gastar uns milhões por mês.
Num dos telejornais a jovem jornalista entrevista senhoras reformadas.
As perguntas da jovem têm uma introdução " A vida está difícil, mas 4 euros dão jeito..."
Uma ainda lhe respondeu :
" Ó filha, eu como já não faço sexo há muitos anos, preferia que me tivessem oferecido uma bisnaga de vaselina, sempre ajudava a penetração."
Mentira. Sou eu a inventar, que as nossas reformadas são gente bem educada.
O noticiário continua. E lá nos mostram o Paulo em Bruxelas em reunião com os seus pares. Foi de fatinho branco. Assenta-lhe bem.
Espero bem que os reformados não se esqueçam de lhe enviar bisnagas de vaselina no valor de 4 euros.

3 comentários:

asmodeux disse...

a 284 dá 5,68 cêntimos

x14 meses são pronto pomos a 4

para dar 56 euros

que 76,8 + 4x0,68(2,72 cêntimos)
demora mais tempo

pois bamos então

56 euros em merdia...x 2 milhões de reformados e pessoal com subsídio

dá 112 milhões...coisa pouca só a RTP custa mais do dobro

ou o metro de Lisboa ou a Carris

é só reduzir estas a metade

meter a velharia de volta à província

deixar de dar tratamentos retrovirais a de 4 a 8000 x 40.000 por ano 160 milhões a 320 milhões

e já se pode aumentar 20 euros

se se acabarem com os 5 mil milhões em manutenções várias e papel de fotocópia

dá-se 2500 euros a cada um por ano

Se se praticar a eutanásia disse...

Aos 6500 velhotes e casos vegetativos

tipo angelikus que em cuidados paliativos custam

6500 x 30 dias em média x 50 euros por dia

9 milhões 750 mil

dá mais 4 euros ao ano

se juntarmos o custo dos equipamentos e análises mais as pós-mortem realizadas


35 milhões (200 mil em análises toxicológicas e afins sabe-se lá porquê)-6500 x 1 hora de autopsia e 1 ou 3 de relatório a 40 euros à hora
digamos 250 mil para ficar mais barato

35 milhões/2 17 euros e meio para juntar aos restantes

Se se tirarem os que são deixados disse...

Nas férias Páscoa, Verão Natal e feriados vários

70 mil casos (provados)por ano com uma média de ocupação de cama de 9 a 10 dias

700 mil dias x 20 euros por dia
ficam nos corredores só se paga higiene e soro
14 milhões ou seja mais 1 eurinho por dia

se se juntarem os restantes 300 mil internamentos sem necessidade

e os 370 mil x3exames acessórios

radiológicos cardiológicos

etc etc

torceu a manopla uma radiografia a 10 eurocks ou uma tomografia a 185 tanto faz

são mais 50 milhões

em exames desnecessários

mais 1 milhão de horas extraordinárias pagas a 40 em média

90 milhões dá mais 45 euros por ano a cada um

e continua continua

se as 60 mil urgências por ano em média nos 35 principais hospitais

pagassem 5 euros em média

2milhões e 100 mil que pagassem
5 euros

aproximadamente 1/10 a 1/20 do custo real

dariam mais uns cêntimozinhos por ano

e se pagassem todos 9 euros