24/01/12

O jovem Pedro e o reformado Aníbal

O jovem Pedro ainda anda na escola, mas comunicou-nos, hoje, que está a fazer o trabalho de casa e que se tiver de pedir dinheiro emprestado é por causas externas.
Pois. Parece que ainda não percebeu que o tanque tem dois buracos por onde entra água. Ele continua a tentar diligentemente, roubando os outros meninos, tapar um dos buracos sem perceber que a água continua a entrar pelo outro. Morrerá afogado, mas contente por ter feito o trabalho de casa.
Já Anibal é um reformado que trabalhou, mais a sua Maria, a vida toda. Tem uma merecida reforma fruto dos descontos de uma vida de trabalho. Comunicou-nos, faz uns dias, que não consegue viver com 12.000 euros por mês. O único conselho que lhe posso dar é : caro Aníbal tem que cortar nas despesas. Só não lho dou porque ainda não percebi porque raio um Presidente da República (sim o tal reformado é isso mesmo) vem falar, aos restantes portugueses, dos seus problemas pessoais e financeiros. Se a maioria dos cidadãos tivessem o seu problema, caro Aníbal, estavam era caladinhos.
E assim andamos nós, um menino diligente mas incompetente como 1º ministro e um reformado que não sabe poupar na Presidência da República.
Isto só pode terminar mal.

3 comentários:

Anónimo disse...

E não sabe poupar a Presidência da República a tanta pobreza... de espírito!

Que vergonha este presidente!

Leonor Pinto

expressodalinha disse...

Ele está solidário com todos e vem queixar-se. Normal. Vêem tudo ao contrário!

O rural disse...

Outros que vivem do orçamento que façam como Cavaco.

Mostrem a carteira o porta moedas e o cotão das algibeiras.

Se tiverem coragem.