27/02/12

Ele há os feriados civis e os da Santa Sé

Vamos ver se percebi bem:
- o Governo do Pedro e do Paulo já decidiu, sem perguntar a ninguém, que o 5 de Outubro e o 1º de Dezembro deixaram de ser feriados;
- já para os chamados feriados religiosos estamos pendentes da decisão da Santa Sé.
E eu a pensar que os feriados eram da República.
Enganei-me.
Aqui está uma boa matéria para o Sr. Presidente mostrar que ainda tem tomates e mandar o Governo bardamerda, vetando o diploma quando ele aparecer lá pelo palácio de Belém.

1 comentário:

Maria Albertina disse...

E eu a pensar que Portugal era uma estado laico...

O parágrafo final parte de uma premissa errada: Cavaco Silva ter tomates.