17/12/07

Desfrutar a solidão fumando

Será o que farei a partir de 1 de Janeiro de 2008. Possivelmente passará a haver roteiros para fumadores ( restaurantes, hotéis, clubes, etc ). Não me atraiem. Será mais uma minoria encurralada no seu gueto. Possivelmente concretizarei um plano de muitos anos : fumar só charutos. Sózinho. Desfrutando os odores da terra onde o tabaco foi plantado e colhido. Olhando o fumo espesso. Sou egoista, mas dei comigo a pensar que um prazer é para gozar a sós.
Felizes as sociedades em que os grandes combates são pelo direito de fumar em público. Lá virá o dia. Nessa altura já estarei no Alto de S. João.
Até lá continuo a dizer: "...estejam descansados que teremos todos o mesmo destino." ( clicar )

E já agora um pedido aos não fumadores, legisladores e repressores : não me chateiem; e mais outro : não andem a limpar as fotografias nem os filmes do passado, já houve quem tentasse e terminaram mal.

6 comentários:

expressodalinha disse...

Embora acossada,ainda é uma droga legal... Paga imposto e tudo! Confesso que tenho pena dos fumadores. Tanto quanto eles, seguramente, tiveram de mim durante todos estes anos em que me incomodaram.

António P. disse...

Carissimo,
Bastava que o tivesses dito no momento que eu fumava. Apagaria logo o cigarro.
Um abraço

expressodalinha disse...

Não tenho dúvidas.
Abraço tb.

Al Kantara disse...

Amigo António, a idade, a tossiqueira matinal e o cagaço do cancro do pulmão levaram-me a desistir do agradável vício há uns seis anos. Confesso que perante este ataque fundamentalista neo-evangélico quase me apetece voltar a fumar...

Perdido disse...

O cheirinho do tabaco não combina nada bem com o meu bife-à-casa ao almoço, mas esta fome de ASAEizar, de regulamentar tudo, dá-me vontade de fumar um charuto...

Abraço

JM Coutinho Ribeiro disse...

Conta, porém, com a minha solidariedade total.
Bom Natal para si.