29/08/08

Fogos vs Crimes : um estudo académico

Recebi de um leitor do meu blogue e conceituado académico em criminologia ( mas não em fogos florestais ) um resumo de um estudo que apresentou na Universidade do Uganda. O título do estudo é longo : " A relação entre o aumento da criminalidade, em Portugal, e os incêndios florestais para não falar do aquecimento global e sua influência nas mentes criminosas."
Poupo aos meus leitores a transcrição da totalidade do texto ( 451 páginas A4 ), mas gostaria de destacar que o conceituado académico dá como provado que em ano de poucos incêndios florestais há um aumento de crimes. Assim se verificou este ano (2008) e em 2000 quando era Ministro da Administração Interna o Dr. Fernando Gomes ( não confundir com o antigo avançado centro do F.C.P. ). Não deu como provado que em ano de poucos incêndios o MAI se tenha de demitir. Também constatou que o único personagem comum nesses dois anos ( ou melhor desde que a humanidade é humanidade ) era o presidente do sindicato dos magistrados públicos de seu nome António Cluny.

Nota : desminto desde já que o conceituado académico seja o presidente da Câmara de Santarém de seu nome Moita Flores.

1 comentário:

Galeota disse...

Passarinho da ribeira/Se não fores meu inimigo/Empresta-me as tuas asas/Deixa-me voar contigo/...