31/08/08

OBAMA, O Salvador

Nunca apreciei muito os homens providenciais e salvadores de almas deste mundo. Ainda aprecio menos aqueles que nos fazem crer que tais salvadores existem. Que os comunistas e seus apêndices acreditem nisso é lá com eles. As seitas sempre precisaram de "pais do socialismo", santos e afins . Agora que a esquerda democrática e socialista também alinhe nisso já me faz alguma confusão. Isto vem tudo a propósito da santificação que alguns, com Ana Gomes (clicar) à cabeça, fazem de Obama e do paraíso que aí vem se for eleito presidente dos E.U.A.. Afinal a América tão odiada ainda pode produzir salvadores ? Ainda é a terra da esperança ?
Curioso, ou não, tanta esquerda europeia começar a acreditar nisso. Um continente que conheceu, no século XX, todas as formas de ditaduras e nunca apreciou muito a democracia americana ( à esquerda e à direita ), habituou-se a viver debaixo do guarda chuvas do tio rico para engordar e manter os vícios. Os males do mundo nunca foram ou são da sua responsabilidade. E quando os problemas são graves os outros ( leia-se os americanos ) que os resolvam, nós estamos muito gordos e bem instalados para o fazer.
Caso Obama seja eleito respirarão de alívio. Já terão a quem culpabilizar caso as coisas corram mal nos próximos 4 anos. A culpa será sempre dele. Nunca nossa. Ele é que não cumpriu as expectativas.
Obama ( se ) presidente cometerá erros. Ainda bem. É humano. Nesses momentos ficarei à espera de ver onde estão os que agora o santificam e apoiam. E não me venham então com as teorias da conspiração e com o poder dos lobies. Eles já existem agora.
A eleição de Obama, a verificar-se, apenas demonstará que a democracia americana é dinâmica e funciona. Que o sistema do "checks and balances" existe. Que aprendem com os erros e estão dispostos a corrigi-los. Este ano faz 40 anos que Robert Kennedy e Martin Luther King foram assassinados. Em 1968 quem dissesse que os E.U.A. teriam um presidente preto seria internado num manicómio.
Dentro de 40 anos a Europa contará para alguma coisa ?



4 comentários:

ushuaia disse...

Nem mais!... é mesmo assim.
obrigada por teres escrito aquilo que eu gostaria de ter escrito.
Abraço.

expressodalinha disse...

Depende dos chineses!

Galeota disse...

...Quand il me prend dans ses bras/il me parle tout bas/...

Perdido disse...

Até Stencil's retratando esse senhor vou encontrando por Lisboa. Incrivel. santa ingenuidade.