07/06/10

Patriotismo, humor e aulas públicas de economia

Sou um patriota. E de primeira água. Fiquei a sabe-lo pelo Sr. Presidente da República. Pelo 34º ano consecutivo vou passar as férias de Verão em Portugal. E mais : este ano fico a trabalhar.
Para o ano espero receber uma medalhita no 10 de Junho, seja o Prof. Cavaco Presidente ou não. De preferência não.
A isto, o meu amigo José António Vieira da Silva respondeu com o fino sentido de humor que possui. Pode não parecer mas é verdade. Disse que até concordava com o Presidente mas esperava que os outros Presidentes ( e Rainhas e/ou Reis, acrescento eu ) não fizessem o mesmo apelo aos cidadãos ( ou súbditos) das suas repúblicas ( ou reinos ).
O Professor de Economia que existe no Presidente Cavaco Silva não resistiu e no meio de gado bovino , caprino , de uns legumes e de uns jornalistas que estavam à porta da Feira Nacional da Agricultura, em Santarém, veio responder ao ministro Vieira da Sila dando uma aula de economia aos patriotas, dizendo que sabe do que estava a falar e que se os não patriotas forem passar férias ao estrangeiro estão a empobrecer o país.
Que falta de sentido de humor, Sr. Presidente e como aula de economia parece-me fraquinha.
Estará perdoado se me der a tal medalhita, se ainda for Presidente em 10 de Junho de 2011.

5 comentários:

Pedro disse...

... o que eu perco por não ter televisão...
Eu queria era que eles fossem todos de férias para longe! Muito longe!

Zé Carlos disse...

,,,o Cavaco...é o Cavaco...!
Sem tirar, nem pôr...
O "Pai do Monstro", vai falando como Professor-Governante, sem desejar....
É vítima da, possível, obrigação de se Recandidatar, quando não sabe porque é que lá deve ficar...para fazer o quê...?
Pseudo-Aulas de Economia, não entendidas pela maioria do Povo..."foi chão que deu uvas...".
Mas será que se Recandidata,,,pressentindo uma possibilidade de nova derrota, como com Sampaio....
DUVIDO !
,,,a ver vamos...
zc.
bicada4 .

Galeota disse...

Pois,...estou cada vez mais apreensiva com estas intervenções. A maioria dos portugueses não sai de casa nas férias.

Helena disse...

Será que também me dão uma medalhita? Este ano lá vou eu como de costume seis semanas para Portugal.
O problema é que o meu marido é alemão: se a Merkel pede o mesmo aos seus compatriotas, temos a família entornada!

(E beber vinho? Ele não nos mandou beber vinho? Tempos houve em que andarmos a cair de bêbedos pela rua era um acto de patriotismo.)

Al Kantara disse...

E Badajoz também conta ou posso ir ao Continente comprar recuerdos ?...