05/04/11

Os remake são geralmente piores que os originais...e quando os originais são maus arriscam-se ( os remake ) a ser desastrosos

Desculpem o título ser tão longo, mas a culpa não é minha.
É do Dr. Pedro Passos Coelho.
Finalmente , após 375 dias como Presidente do PSD ( não eu mas o Dr. ), começo a compreender  a sua estratégia eleitoral.
Tarefa duplamente difícil. Primeiro por limitações minhas. Segundo porque é preciso estar com atenção às declarações de pelo menos 20 a 30 personalidades do PSD que todos os dias atiram palpites para o ar.
Mas começo a sentir que o discurso é semelhante ao da anterior Presidente do PSD , a Dra. Manuela Ferreira Leite, na campanha eleitoral para as Legislativas de 2009.
Não sei se estarão recordados, mas à pergunta ( ou perguntas ) sobre quais as medidas concretas que tomaria quando e se chegasse ao governo a resposta era sempre  ( ou quase ) : " Não me posso comprometer já que só quando lá chegar é que saberei a situação exacta em que se encontram as contas do Estado."
Felizmente não chegou  ao poder, digo eu.
Verifico que o Dr. Pedro Passos Coelho está a fazer um remake desse filme com um final tão triste para o PSD mas feliz para os espectadores eleitores.
Então o que começa a dizer o nosso, salvo seja, candidato a 1º ministro ? Mais ou menos isto : "Eu gostaria de não subir os impostos mas como não sei como estão as contas..." , " Eu gostaria de não cortar nas pensões dos mais desfavorecidos mas como não sei como  estão as contas...".E por aí fora.
Esta é uma das razões porque não me candidato a 1º ministro. Sou ignorante.
Não acredito que seja o caso do Dr. Pedro Passos Coelho que anda a preparar-se para isto há imensos anos e tem como professor um ex-governante, o famoso  Ângelo Correia  que não só é engenheiro e gestor mas ainda  presidente da Câmara de Comércio e Industria Árabe Portuguesa e Cônsul Honorário do Reino Hashemita da Jordânia em Portugal. Sempre me fascinaram os Homens dos 7 Ofícios.
Sou ignorante mas tento estar informado , coisa difícil nos dias que correm tal é a inflação de sábios que nos invadem a privacidade com os milhentos programas de desinformação informação, radiofónicos e televisivos. Para não falar nos jornais.
Nessa tentativa de estar informado, e desmintam-me se estivar enganado, consegui perceber que as contas do Estado têm um orçamento que é aprovado ( mesmo que à rasca, desculpem a expressão ) na Assembleia da República. Posso pois concluir que os deputados do PSD se deram ao trabalho de o ler antes de votarem. Depois, a execução orçamental é acompanhada por uma Comissão Parlamentar e penso que o INE também olha para ela e elabora relatórios periodicamente. O Presidente do Banco de Portugal tem assento na Comissão de Presidentes do BCE ( penso que é assim que se chama ) que também fiscaliza as contas dos Estados Membros da União Europeia. A Comissão Europeia também as certifica  e  ainda temos o Eurostat que é " a organização estatística da Comissão Europeia que produz dados estatísitcos para a União Europeia e promove a harmonização dos métodos estatísticos entre os estados membros " ( in Wikipédia ). Desculpem se me esqueci de alguém.
Por isso espanta-me que um eventual 1º Ministro diga que não sabe ao que vai quando se candidata a deputado. Já vimos que não é por ignorância, qualidade defeito a que tomos temos direito, será então por preguiça, o que já é uma qualidade que deve estar negada a futuros governantes, pois se não têm paciência ou tempo para ler todos estes documentos não deveriam candidatar-se a deputados. Mas isto sou eu, que além de ignorante também sou preguiçoso, que o digo.

2 comentários:

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

AntónioPêpontamigo

Atão, inguenur-antes já semos dois, tal tá a moenga, compádri.

Não sei se e onde se pode tirar o Curso De Primeiro Ministro Sem Mestre; mas o que não falta por aí são Profs para futuros PM. E, ainda por cima, além de muitos, bons, felizmente...

O Senhor Doutor Pedro Passos Coelho tem vindo a ser objecto de lições várias de Catedráticos diversos. Acresce que desde a sua juventude, ops, com caixa alta, se vem preparando denodada e afincadamente para (tal como os jogadores e os treinadores de futebol dizem) atingir os seus objectivos. Seus? Nossos!

Perante tão excelsa figura, o País não pode fazer mais nada senão render-se. A ele, que bem o merece. Isto porque com ele seremos salvados (ou será salvos?) das trevas do Inferno e das garras do marcelismo(*) ambas as duas mais ignóbiles.

Por isso, nós, os Portugueses podemos - e devemos - estar sossegados e felizes: está a chegar o Salvador da Pátria, mesmo que ela não queira ser salva.

De fontes bem informadas sabe-se que a Coudelaria de Alter já tem ajaezado um garanhão branco da mais legítima raça Lusitana.

E, ainda, que a Galpgás mandou colocar em São Bento 18 máquinhas computadorizadas, evidentemente, para produção do nevoeiro mais sofisticado ilegítimo, perdão, e legítimo.

Finalmente, diversas entidades convenientemente anónimas, mas representativas, com o desinteressado apoio das forcas vivas, i.e., das forças, já se encontram a preparar e organizar manifestações espontâneas para o Dia do Coelho, de acordo com o conceituado Horóscopo Chinês.

Sendo assim, só nos resta saudar Sua Insolência e enviar-lhe, ordeira e respeitosamente, os nossos melhores comprimentos (com u?) - a Bem da Nação.

Tenho dito

(*) - De Marcello velho, nunca do novo.

Galeota disse...

Pois...mas é diferente da Drª Manuela Ferreira Leite: é um liberal.